Dicas

O que a série Emily em Paris pode ensinar sobre marketing?


Postada em 15/10/2020 às 17:16
Por Júlia Biude


A Netflix lançou no início do mês a primeira temporada da série Emily em Paris. Na história, a protagonista se muda para a França para trabalhar em uma agência de marketing que cuida de grandes contas do mercado de luxo.


Os clientes têm contas nas redes sociais, mas todo o foco das campanhas é no produto. A marca não traz conteúdo relevante e não mostra a real essência da marca. São apenas postagens de venda.
Quando Emily chega a Paris, passa a entender de fato o cliente e suas necessidades. Assim, passa a produzir conteúdo entendendo qual a transformação que aquele produto pode trazer para a vida do comprador. Com isso, cria algo autêntico, que desperta a emoção e que engaja com as pessoas. Isso faz com que ela gere ainda mais autoridade para a marca.


A partir do momento em que a marca não pensa apenas em vender o produto e sim em agregar valor para a sua audiência, o consumidor fica mais propenso a lembrar da marca. Embora não compre naquele momento, na hora da necessidade, lembrará imediatamente daquele conteúdo que o ajudou. Ou seja, aquela marca se tornará referência para ele.


Ou seja, conteúdo estratégico é muito importante para o crescimento da marca, pois ele fará com que a sua marca seja lembrada por muito mais tempo e não só no momento em que as pessoas estão procurando algo para comprar.


Quando conseguimos passar a essência da marca por meio de conteúdos que chamam a atenção, ajudam as pessoas de alguma forma e despertam a emoção é criada uma conexão. O cliente passa a se identificar com a marca. A conta do Instagram não irá ganhar só seguidores, mas sim pessoas com os mesmos ideais que a marca.


Conheça o seu público. Agregue valor para o seu cliente. Entenda a mente do seu consumidor. Seja uma marca humanizada. Gere bom conteúdo para àqueles que te acompanham.


. gtag('config', 'AW-980488719')